terça-feira, 13 de setembro de 2011

A caligrafia,o tempo e a dependência da tecnologia

Será que ainda existe caderno de caligrafia? Tô muito precisada disso!  Me dei conta que a minha letra está cada dia pior. Tá certo que ela nunca foi uma maravilha, mas também nunca foi essa coisa horrorosa que é hoje.


Eu simplesmente não escrevo mais! Escrever virou uma raridade na minha vida. Hoje em dia eu só digito.  Eu não sei mais escrever com letra cursiva e  mesmo com letra de forma a coisa tá feia. E isso é assustador!

Mais assustador ainda, foi ler que o estado de Indiana, nos Estados Unidos, recomendou às escolas que não se preocupem mais com a caligrafia e, em vez disso, tratem de ensinar às crianças como usar melhor os computadores.

É isso mesmo, a caligrafia está em vias de extinção?


E como uma coisa puxa a outra... e o tempo que se gasta, ou seria que se perde, na frente do computador??  Pois é, eu também fico HORAS na internet. E isso também está me incomodando profundamente.  Tanto que não consegui dar continuidade ao meu tumblr e manter esse blog.  O que antes era prazer tava virando uma obrigação, quase uma obsessão!  Tava na neura de ir em todos os blogs, deixar comentários, checar os comentários no meu e responder de imediato, pesquisar coisas bacanas pra postar aqui e no tumblr, conferir os emails... um ritmo frenético!

Fico pasma como tem gente que consegue ficar conectada em tudo ao mesmo tempo agora. É em blog, tumblr, FB, Twitter, msn, email, sinal de fumaça, batida de tambor... de verdade, bato palmas pra quem consegue isso tudo e mais um pouco.  Mas isso não é vida pra mim, não!

Gosto demais desse espaço daqui, das pessoas que sempre deixam seus comennts, sinto falta quando alguém desaparece, mas eu também gosto demais da minha vida real.  E no momento eu preciso encontrar o equilíbrio entre esses dois mundos.

O tempo tá passando, e passando muito rápido.  Hoje percebo claramente que, a medida que toda essa parafernália tecnológica avança (e eu sei que isso é um mal necessário), eu fico cada vez mais "OLD SCHOOL".


8 comentários:

'Lara Mello disse...

Amiga, minha letra é horrível!! Igual desde os meus 11 anos que ela é a mesma, sentiu o drama?
Eu também amo escrever, mas fico louca que tenho que ler todo mundo, eu só tenho blog e twitter, não tenho paciência para tantas coisas.. Mas não some não, amo isso aqui! :/

Maite disse...

Old school? Voce? Que tem um blog e um tumblr?!
Eu que nada disso, nem FB!!!!, tenho, sou o que?! Acho que to ficando eh veia mesmo....
As vezes quero pedir pro mundo parar de rodar que eu quero descer! Ele gira rapido demais ;)
Beijos pra vc!

Luna Sanchez disse...

Trabalho conectada o dia todo, daí passeio pelos blogs e fico de papo no Twitter. FB não vou sempre e MSN não aguento mais, pra ser franca, passo dias sem entrar, meus contatos vão desistir de mim, tenho certeza.

Eu entendo o que tu quer dizer com ficar na neura, já vivi uma fase assim, hoje não mais.

E sobre a escrita, só questão de treino pra letra voltar a ficar jeitosinha, Ana.

Um beijo.

Ana Pe disse...

LARA: Eu li uma postagem sua em que vc diz que ficou HORAS lendo os blogs amigos. Foi uma verdadeira maratona! (rs). Fico contente pra caramba em saber que vc gosta da minha quitanda! :)
***********************************
MAITE: Muito concordo com vc, o mundo gira rapido demais! Desisti do meu tumblr por não dar conta dele + o blog... transcendeu a minha capacidade! Também achei melhor não participar de nenhuma rede social porque talvez eu me vicie e assim o mundo nunca mais vai me ver! (rs)
*********************************
LUNA: Te acho uma guerreira! Responde a todos os comentários, visita todos os trocentos blogs e ainda deixa comentários!
********************************

Meninas,
Muito obrigada pela presença constante!

Beijos

Lua Nova disse...

Acho que vc tá certíssima. Houve uma época em que comecei a ficar angustiada pois não conseguia seguir a velocidade das coisas nesse mundo tecnológico. Comecei a me sentir ultrapassada, perdida. Parei tudo. Fiquei desconectada durante um tempo, li muito, fiz coisas normais da vida real. Quando voltei achei uma zona de conforto em que não me sentia "pressionada nem exluída", consegui descobrir minha "medida". Agora to bem e a tecnologia me serve e não eu a ela.
Vc consegue. O importante é não abandonar sua vida real: essa sim, é que fará realmente falta pra alma e pro coração.
Beijokas.

Lua Nova disse...

Em tempo: adorei o texto. Bem escrito e as imagens são bárbaras.
Beijokas.

caso.me.esqueçam disse...

minha caligrafia muda com meu humor. ja li que uma pessoa que muda demais a letra (eu), que nao tem uma letra propria (eu) eh porque nao tem... personalidade hehehe seraaaaaa? e alias, o que eh que isso quer dizer? (nao ter personalidade) ttsss...

menina, eu ainda tenho fotolog! hahahaha HJ um amigo no FB tirou onda disso: "voce eh a ultima pessoa do planeta a ter fotolog, parabens" hihihiih

Ana Pe disse...

LUA NOVA: Bacanérrimo o seu depoimento. Eu também as vezes me sinto excluida nesse mundo cibernético, até que eu li uma frase do Calvin & Haroldo que fez todo o sentido pra mim: "eu não faço questão de ser aceito, se eu for só ignorado pra mim já está bom."

LUCI: Oxe menina, tu é muito engraçada! Fotolog? o que é isso mesmo? (rs)