domingo, 30 de janeiro de 2011

O que parecia impossível, aconteceu!

Acabei de saber da separação de um casal amigo. Tô muito triste com os acontecimentos, de como as coisas aconteceram e de como elas estão sendo conduzidas... tô chocada!

Acredito que todos nós temos que buscar, lutar pela nossa felicidade, mas pra isso exige uma forte dose de coragem, porque toda e qualquer atitude tem consequencias. Não posso e não devo tomar partido de ninguém, eu só quero que o melhor aconteça para ambos os lados...

Tô tão anestesiada com a notícia... termino o meu Sábado com a célebre frase do Professor Ludovico...

5 comentários:

mjosie disse...

Não tô tão chocada com TUDO o que está acontecendo como vc já que, como dizia o nosso amigo Einstein, TUDO É RELATIVO. Talvez o que choque seja o modo que as coisas foram e estão sendo conduzidas e não o fato em si. Para haver separação basta estar junto. Mas F*** é quando o respeito se esvai pelo ralo. Aí, não tem amor que dê jeito.

Roderick Verden disse...

Separação é um momento difícil, complicado. Quando me separei pela primeira vez da minha mulher, senti até alívio, já q brigávamos em excesso. Ainda assim, fiquei pensativo: 'começar uma nova vida', em outra residência(eu fui pra casa dos meus pais na época-rs) não é fácil. Nunca senti falta da minha ex. No entanto, sinto falta da minha última paixão, sinto sua ausência. Coisas da vida, q , infelizmente, não é como a gente quer.

Lamento muito por seus amigos, Ana.

'Lara Mello disse...

Sei o que é separação.. Mas não a mal que não tenha um bem.. Sorte!

Dave disse...

Não tomar partido?

Como é isso? Gostar por igual. Sentir por igual. Pensar por igual e decidir por igual?

Estranho...

Ana Pe disse...

Dave, eu aprendi que "briga de marido e mulher, ninguém mete a colher".