sábado, 23 de outubro de 2010

Hotel Gloria


O Hotel Glória foi inaugurado em 1922 e foi construído a pedido do Presidente da República Epitácio Pessoa, para sediar o Primeiro Centenário da Independência do Brasil.






O luxuoso e ousado projeto arquitetônico foi desenvolvido pelo arquiteto francês Joseph Gire, o mesmo que desenhou o Hotel Copacabana Palace.

Em seu projeto original, em estilo clássico, o Hotel Glória era dotado de teatro, cassino, salões de festas e de jogos, áreas de lazer e 180 quartos.


Com uma vista deslumbrante da Baía da Guanabara, durante anos o Hotel encantou por seu charme, decoração e posicionamento estratégico em frente ao Parque do Flamengo, próximo ao Palácio do Catete (sede do Governo Brasileiro de 1897 a 1960), ao Aeroporto Santos Dumont e à Marina da Glória.





Pelas portas de vidro com frisos dourados passaram 19 Presidentes da República, estrelas da sociedade, astros de Hollywood (a última foi Madonna que espertamente traçou e levou de brinde o brazuca Jesus) e celebridades de todo tipo. Ah, e é claro, euzinha aqui. Porque eu também frequentei durante meses esse luuuusho, mas isso foi lá nos anos 80... que depois eu conto com riqueza de detalhes os sórdidos momentos lá vividos!

Mas esse blá blá blá todo é porque recentemente li que o todo-poderoso Eike Batista, que comprou o Glória em 2008 e o está modernizando, vai acabar com a Piscina Tropical. Quase morri. Como assim?! Ele já detonou com o Teatro e agora mais essa?! Isso tudo é porque eu tenho um xodó muito grande por esse cantinho... tantas lembranças... olha como era lindo o lugar...

5 comentários:

mjosie disse...

Não só vc, mas todo o carioca (de nascimento ou por adoção) que se preze, tem o HOTEL GLÓRIA nas suas lembranças por sua imponência, luxo e tudo o que significa prá cidade maravilhosa. As minhas lembranças viajam à epoca do FIC - Festival Internacional da Canção, já que o hotel era o centro da ferveção do Festival e por ser aonde ficavam hospedados os artistas nacionais e internacionais. O buchicho era demais. E por sorte, sempre consegui credencial para circular livremente por todo o hotel, o que facilitava o contato com os famosos. Demais !!!

alan raspante. disse...

Que hotel MARAVILHOSO!
nooosa!

Roderick Verden disse...

Só fui lá uma vez, acompanhado da Raquel Welch. Mas ela teve um crise de ciúmes, cismou q eu estava de olho na Elsa Martinelli. Armou o maior barraco! Nunca mais apareci lá! Essas mulheres...

Ana Pe disse...

Roderick, vc é engraçaralho pra cadinho, hein?!

Roderick Verden disse...

Ham, só eu sei o q passei, Ana Pia. Antes eu fosse sozinho, curtiria bem mais as glórias do Hotel Glória!

Lamento muito se meu humor não a agrada!