sábado, 28 de agosto de 2010

Quanto mais eu rezo...


... mais assombração me aparece. Como é que eu fui parar num lugar onde a desorganização impera?! onde a impaciência é a palavra chave??? onde "caralho" e "puta que pariu" é praticamente "bom dia, como vai você?", onde guardar um micro papelzinho datado de 2001, sem a menor importância para a vida da empresa, é imprescindível????? e como é uma empresa familiar, temos ainda o bônus de ter que participar das brigas entre mãe e filha, entre filha e marido... aloouuu?! e o respeito, cadê?! É sério, respeito com nós funcionários e respeito entre eles, que não tem o menor pudor em "brigar" na nossa frente.

E eu que achava que tinha jogado pedra na cruz, mas hoje eu tenho plena convicção de que na verdade eu fiz foi uma "pole dance" na cruz!!! Só isso poderia explicar os acontecimentos da minha vida...

4 comentários:

@Raspante disse...

hahahahaha.
Tudo passa!

Roderick Verden disse...

É horrível trabalhar no meio de gente q só fica brigando. Não curto tb o lance de parentes trabalharem na mesma firma.
Vc está no inferno, Ana. E eu já estive nele por algumas vezes. Nem gosto de lembrar. Como dizem os religiosos, "Deus me livre!".

patricia disse...

Bom desabafo 'colega de hospício' , assino embaixo.
AH ! Não esqueça de xerocar, fazer uma pasta e colocar sempre uma coisa inútil dentro, eu disse : - SEMPRE !
Meta da empresa: GUARDAR BAGULHOS

Antonio Sérgio disse...

Ahhhhhh!!
kkkkkkkkk
OLHA SÓÓÓÓÓÓ!!!